7, February 2017

Um dia de sorte ou um bom presente?

Um dia de sorte ou um bom presente?

Comecei nesse meio de investimentos cedo, com o aumento do valor da Bovespa em determinada época, acho que eu 2013, quando eu tinha meus 21 anos, comecei a investir gradativamente nesse tipo de mercado. Meu objetivo era apenas ter uma quantia básica para que eu possa usar de uma vez ou outra, quando necessário. Não tinha o interesse de fazer investimentos que demoram cinco, seis anos para vender.

Tudo começou quando eu comprei um título de uma empresa brasileira e simplesmente esqueci que tinha feito essa compra. Como estava trabalhando eu deixei de investir na bolsa e me concentrei 100% em meu trabalho. Certa vez, estava em meu escritório, planejando uma viagem que iria fazer com a minha noiva e recebi um inside de ver como estava minhas contas na bolsa, mesmo que eu não tenha mais entrado durante um bom tempo. Ao abrir a página dos meus investimentos, um susto. A ação perdida, da empresa que nem eu lembrava por quanto eu comprei tinha subido absurdos 340% desde o dia que fiz a compra. Esse aumento me dava direito a um valor bem considerável que pagaria o meu casamento, pagaria todas as minhas contas e ainda sobrava uma boa quantia para a aquisição de um novo carro. Ao saber disso eu fiquei completamente emocionado e feliz pelo o que estava acontecendo. Fiz a venda de meus investimentos, consegui resgatar o dinheiro e realizei meus sonhos. Casei, troquei de carro e hoje eu fiz novos investimentos, buscando mais uma dessas gratas surpresas. Veja mais em http://magodomercado.com/aprenda-como-investir-na-bolsa-de-valores-comecando-do-zero/

Eu realmente não sei se foi sorte, ou se foi um presente divino, não sei. Mas aquela tarde, onde sem motivo algum entrei na minha página de investimentos conseguiu dar uma levantada na minha vida de forma sensacional. O que todos poderiam fazer também.